Image
002
Dayana Lucas

_

06.02.20

A minha convidada deste episódio nasceu em Caracas e vive desde 2006 no Porto.
É designer gráfica e artista. Foi co-fundadora da Oficina Arara, colabora com o colectivo Soopa e tem sido autora de uma trabalho relevante e distintivo no campo editorial, na criação de identidades e cartazes para o meio artístico e cultural.
Uma das suas mais recentes produções gráficas abordada ao longo desta conversa foi o trabalho desenvolvido para a celebração dos 200 anos da Revolução Liberal do Porto.

A convidada é a Dayana Lucas e a conversa aconteceu de um modo que me dá mais prazer: sem rede, com fragilidades e curiosidades expostas o que permite um envolvimento maior com o pensamento que existe por trás das formas.


http://www.dayanalucas.com/


Bio:

Dayana Lucas nasceu em 1987 em Caracas, Venezuela. Em 2003 mudou-se para a Ponta do Sol (Ilha da Madeira), de onde são provenientes os seus pais, e em 2006 para o Porto onde obteve a licenciatura em Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (2006—2010). Foi co-fundadora da Oficina Arara (2010—2017), com João e Marta - Von Calhau!, Miguel Carneiro e Luís Silva, onde desenvolveu trabalho tanto na área do design e da impressão com diversos meios manuais, como na organização de exposições, workshops e encontros com a comunidade artística do Porto. Colabora desde 2010 com o colectivo SOOPA que se desdobra em diversas áreas: música, teatro e dança contemporânea.


Desenvolve uma pesquisa prática na área do desenho a par do trabalho enquanto designer na área da cultura, tendo colaborado com músicos, artistas plásticos e diversas instituições culturais portuguesas, entre as quais se destacam a Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação de Serralves, Câmara Municipal do Porto, Universidade do Porto, Galeria Gabinete, PORTA33, entre outros.