Image
005
Jorge Silva

_

27.02.2020

O meu convidado deste episódio tinha 16 anos em Abril de 74. Pertence a uma geração de designers aos quais a passagem por um ambiente político de intensa agitação acabou por marcar e definir um modo de crescer e de fazer.

Fundador do atelier Silva! Designers, Jorge Silva foi responsável pela direcção de arte dos jornais Combate e O Independente bem como dos suplementos Y e Mil Folhas que desenhou para o jornal Público. 

Ao longo desta conversa explica como se está a adaptar a uma nova realidade ditada em parte pelo atingir de uma maioridade que lhe permite a dedicação a novos e diferentes projectos.



Bio:

Jorge Silva nasceu em 1958, em Lisboa. É um designer de comunicação dedicado essencialmente ao design editorial e à direcção de arte de publicações. Foi director de arte dos jornais Combate e O Independente e dos suplementos que desenhou para o jornal Público, Y e Mil Folhas. Jorge Silva tem dezenas de prémios da The Society for News Design americana pelo seu trabalho de direcção de arte nestes dois jornais. Dirigiu várias revistas, como a 20 AnosÍconLER e LX Metrópole, da Parque Expo. Esta última originou, em 2001, a criação do atelier Silvadesigners, que se tem dedicado ao branding cultural, sobretudo relacionado com a vida cultural lisboeta. Neste contexto, faz a direcção de arte das revistas Agenda Cultural de LisboaAdufe e Blimunda. Durante três anos ocupou as funções de director de arte do Grupo Editorial Leya e, de 2015 a 2016, foi consultor artístico da Imprensa Nacional-Casa da Moeda. Nos últimos anos tem leccionado Direcção de Arte em mestrados da Faculdade de Belas Artes do Porto e tem-se dedicado à investigação e curadoria nas áreas do design e ilustração. É responsável pelo conceito e edição da Colecção D, publicada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda, sobre designers históricos e contemporâneos portugueses. Criou o blogue Almanaque Silva, onde conta histórias da ilustração portuguesa etem na editora Arranha Céus uma coleção de livros sobre a sua biblioteca de ilustração portuguesa.

É membro da AGI – Alliance Graphique Internationale, desde 2012.


foto ©André Santos